Fala do Associado: Aparicio Secundus

Aparicio Secundus, associado desde 1976 e atualmente Vice Presidente do Conselho de Administração,

relatou sobre sua história na Asbac desde seu ingresso no Clube até o presente momento.


Associado há mais de 40 anos, Aparicio tem suas áreas prediletas na Asbac e as carrega no coração.


“Sou filiado à Asbac desde fevereiro de 1976, época que ingressei no Banco Central.

Sempre frequentei o Clube com a família e gosto demais da área de piscinas, futebol e Sede Campestre em Aruanã (pescaria no Araguaia).


A Asbac sempre foi minha segunda casa, com várias opções de lazer ideal para trazer a família e estreitar laços com os amigos e familiares. Temos hoje o melhor parque de churrasqueiras de Brasília e nossa localização é a mais privilegiada entre todos os clubes do DF.”


Foi após uma reflexão que ele decidiu participar da gestão da Asbac e tentar se candidatar.

“Nunca pensei em um dia ser dirigente do Clube. Certa vez, jogando no campeonato de futebol, reclamei para o Antônio Pedro, nessa época, Presidente do CA, sobre o estado lamentável das bolas usadas no campeonato. Ele retrucou dizendo que eu só sabia reclamar: Se está insatisfeito, por que não se candidata nas próximas eleições?


Aquilo me deixou tremendamente chateado mas acendeu uma luz no meu cérebro: E porque não? Vivíamos um período de instabilidade administrativa e fui convidado, no ano de 1999 a cumprir mandato tampão no Conselho Fiscal.”


Desde sua primeira candidatura, Aparicio continuou se fazendo presente na gestão da Asbac e deixando sua marca.


“Em outubro de 2000 fui eleito pelo voto dos associados efetivos e tomei posse em 2001 na qualidade de

Conselheiro e Presidente do Conselho de Administração (CA).

Posteriormente, fui eleito para mais três gestões e de Agosto de 2004 a março de 2006 fui Presidente Executivo. Estou agora na sexta gestão e já passei pelos cargos de Conselheiro Fiscal, Presidente Executivo, e Presidente do CA.


Me orgulho de ter sido o dirigente que mais atuou em gestões da Asbac desde sua fundação.”


São muitos os desafios enfrentados e metas criadas quando se está na gestão.


“O principal desafio é incentivar os ex-associados efetivos a retornarem ao quadro associativo do Clube. Cada associado efetivo que retorna ou os servidores que se associam pela primeira vez são motivos de grande satisfação para os dirigentes tendo em vista que a Asbac carrega em sua história momentos inesquecíveis vivenciados, pelos seus associados, tanto na Asbac quanto no Banco Central.


Queremos resgatar essa memória e incentivar a participação nos eventos programados pelo Clube por meio de parcerias com o Banco Central, Fenasbac, Abace, que, por sinal, está vindo se instalar nas dependências da Asbac, Centrus e sindicatos representativos dos servidores do BACEN.”


O desejo de Aparicio, é de ver um Clube muito mais Asbac e de fazer a diferença.


“Minha expectativa é que Associados mais novos venham a fazer parte da Gestão da Asbac e continuem o trabalho que foi desenvolvido com tanto carinho, determinação e desprendimento pelas Gestões passadas, por amor ao Clube.


Vivenciamos, em nossa Gestão uma participação e uma vontade de mudanças e de aprimorar os processos de trabalho e novos projetos, nunca antes vista em termos de Administração da Asbac. O trabalho efetuado por Grupo coeso e voltado para a satisfação do associado faz a diferença.


É nosso desejo que os Associados participem mais dessa Inovação, nosso lema de Campanha, que estaremos implementando no Clube mediante sugestões e críticas construtivas nos aspectos que precisamos melhorar. Espero que ao final de nossa Gestão tenhamos um Clube muito mais Asbac, onde o Associado, verdadeiro Juiz de nossas ações, julgará a qualidade e efetividade de nossa Gestão.”


29 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo