Fala do Associado: Paulo Sarzedas

Atualizado: há 3 dias

Paulo Sarzedas dividiu conosco sua história com a Asbac.


Paulo é associado da Asbac há um bom tempo.


“O meu relacionamento e a da minha esposa com o clube, começou quando eu entrei no Banco Central, há mais de 10 anos.


Os eventos da Asbac têm um lugar reservado no coração dos associados e Paulo concorda.

“Se tem algo que me marcou e que eu sinto saudades, são os bailinhos de carnaval da Asbac!”


Paulo, que se considera um “veleiro”, fez observações sobre o atendimento e a náutica da Asbac.


“Eu pratico tênis e sou frequentador assíduo da náutica, mas participo de regatas por outro clube, pois infelizmente a Asbac não tem representatividade em náutica em Brasília.


O pessoal que trabalha na náutica, faz de tudo o possível para nos atender, são obstinados e esforçados, mas como usuário da náutica, observo há anos que a estrutura é ruim.”


Como um bom asbaquiano, Paulo tem definidos os seus espaços de lazer prediletos.


“Tentamos ao máximo aproveitar os espaços do clube para praticar esportes e utilizamos constantemente as churrasqueiras. Também costumávamos aproveitar bastante a sauna, inclusive sinto saudade.”


27 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo